Qual o Amplificador Ideal para Você?

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

É do conhecimento de todos, inclusive músicos iniciantes ou menos experientes, o quanto o amplificador é necessário, para se “tirar” um bom som de guitarra. Na verdade existe um tripé que compõe o timbre de um guitarrista. São eles: guitarra, amplificador e MÃO.

Mas o que devemos levar em consideração, para comprarmos o amplificador que nos entregue o melhor custo benefício?

Quer Ganhar um Curso Grátis de Guitarra com 34 Aulas e ter acesso a Aulas de Jazz, Blues, Metal e Bateria ? Ainda Ganhe Mais 3 Dias Grátis em Todo o conteúdo do Guitarpedia! Sä0 mais de 1.000 Aulas Cadastre-se Aqui e Ganhe tudo isso !

 

Deixe o seu Ouvido Apontar a Direção

Quando vamos investir o nosso dinheiro em um amplificador, devemos levar vários aspectos em consideração, porém não adianta pensarmos no preço, no modelo, no tamanho, na potência, etc. E não agradarmos o nosso próprio ouvido.

Isso parece algo sem complicações e nada técnico, e não há muito que definir aqui. No entanto, é importante notar que você precisa gostar do som do amplificador de acordo com o estilo que você toca.

Tipos de Amplificadores

Existem basicamente três tipos distintos de amplificadores em relação a sua sonoridade, disponíveis no mercado mundial.

Amplificador Estilo Britânico

Se você toca algo no estilo de Van Halen, Cream ou AC/DC, este provavelmente será o amplificador ideal para você. Ele apresenta um som bem ligado ao rock, com bastante brilho e destaque para a região dos sons mais agudos.

Um exemplo deste tipo de amplificador, e provavelmente a principal marca de amplificadores no mercado é um Marshall.

– Amplificador Americano Vintage

Nesta categoria temos como principal representante a marca Fender, seu estilo se assemelha mais ao de guitarristas como: Stevie Ray Vaughan, Jerry Garcia ou Dick Dale.

Também apresenta um som com bastante brilho, porém diferente dos Marshalls ele tem como característica uma sonoridade mais vintage.

– Americano Moderno

Outro tipo de amplificador muito comum são os Mesa Boogie e seus similares/concorrentes, eles apresentam um som que podemos chamar de “mais moderno”.

São mais encorpados do que os outros dois modelos citados anteriormente, ainda em comparação com os citados acima, esses amplificadores colocam a região de graves e médios com maior destaque, e por isso são figurinhas carimbadas para bandas de Heavy Metal como: Metallica, Dream Theater, Behemoth, entre outros.

Acesse www.guitarpedia.com.br, assista a uma de nossas aulas, e conheça o nosso player exclusivo com a função loop, que otimiza o seu tempo, e elevará a sua técnica nas seis cordas para um novo patamar.

 Nós contamos com alguns dos músicos mais relevantes no cenário musical do nosso país como: Djalma Lima, Pollaco, Fábio Santini, Bruno Godinho, Vandré Nascimento, entre outros. Acesse já!!!

Avalie Suas Necessidades

Os amplificadores são classificados por “wattagem” (quantidade de watts), e não por seu tamanho físico (apesar de amplificadores de alta wattagem tenderem a ser maiores).

Amplificadores de válvula de baixa wattagem tendem a criar uma distorção harmônica em volumes mais baixos, o que é preferível em prática, em estúdio e em performances com microfone.

Amplificadores de válvula de alta wattagem irão distorcer em volumes mais altos – o que requer uma mixagem mais criativa ao vivo.

Compare Válvulas e Transistores

Existem diferenças notáveis entre os dois tipos de amplificação. Amplificadores valvulados usam válvulas de vácuo tanto no estágio de pré-amplificação quanto no de amplificação de potência, enquanto os transistorizados usam transistores em todos os estágios. Isso normalmente resulta em timbres bastante diferentes.

Amplificadores valvulados podem ser bem mais potentes que os transistorizados. Um amp valvulado de 20 watts pode facilmente soar tão alto quanto, ou mais alto que, um transistorizado de 100 watts.

Amplificadores valvulados também são mais caros, tanto na compra quanto na manutenção. Um amp transistorizado é bem mais simples. A não ser que você tenha uma forte oscilação de energia, seu transistorizado será o mesmo, ano após ano. No entanto, as válvulas de um amp valvulado, assim como uma lâmpada se desgastam com o tempo e precisam ser trocadas.

Curso de Guitarra Metal no Guitarpedia !!

Curso de Guitarra Metal
Curso de Guitarra Metal

Nós do Guitarpedia em parceria com Vandré, criamos o mais completo curso de guitarra metal da internet, com aulas que vão do iniciante ao avançado, cobrindo temas como, técnica, improvisação e a criação musical dentro do estilo.

Clique Aqui para saber mais sobre o curso de Guitarra Metal no site Guitarpedia com Vandré Nascimento!

Para saber mais sobre guitarra, história da música e teoria musical, visite o site www.guitarpedia.com.br, e curta a página https://pt-br.facebook.com/guitarpedia para ficar por dentro das novidades e interagir conosco!

 

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube