Os Instrumentos de Teclado Pt1

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Todos os instrumentos descritos no post de hoje possuem teclado. São eles os órgãos e os cravos em suas inúmeras e diferentes versões, o clavicórdio, e ainda os diversos tipos de pianoforte, ou simplesmente piano, como fora chamado na grande maioria das vezes.

Conheça Aqui o Guitarpedia , assista as nossas aulas de técnica e aprenda sobre pentatônica e outras escalas, palhetada alternada,  ligados, tapping, fraseado, modos etc. Temos a plataforma online mais rápida e eficaz, para o seu aprendizado e evolução musical.

O Órgão

De todos os instrumentos de teclado, o órgão é de longe o mais antigo. Sua invenção é creditada ao engenheiro grego Ctesíbio, que viveu durante o século III a.C.

Documentos escritos, não muito depois de sua época descrevem o invento como uma das maravilhas do mundo, e dão a entender que o órgão por ele construído estava possivelmente baseado na ideia de utilizar mecanicamente a provisão de ar que era levado para um imenso jogo de tubos. Estava, pois, o ar armazenado em uma espécie de “someiro” e já havia inclusive um teclado que controlava a sua saída para os tubos.

O instrumento de Ctesíbio ficou conhecido como hidraulos (palavra construída com os vocábulos gregos que significam água e tubo) pois era a água que mantinha a pressão constante do ar  no someiro.

Durante o século IV d.C. o princípio hidráulico começou a ser substituído pelo pneumático (do grego – vento), no qual o fornecimento de ar se fazia por meio de foles.

A Família do Cravo

Os instrumentos de cordas com teclado que pertencem a família do cravo são: o virginal, a espineta e obviamente, o próprio cravo.

Em todos esses instrumentos o som é produzido através do pinçamento das cordas, diferente do clavicórdio e do piano que tem as suas cordas batidas ou marteladas.

O Cravo

O Cravo possui um formato semelhante ao de uma asa,(tal como o piano de cauda), com cordas de metal esticadas à frente do executante, formando um ângulo reto com o teclado.

Os primeiros cravos tinham um só teclado ou manual e uma única corda para cada nota. Já um cravo construído depois do século XVII, é bem provável que tenha dois teclados (o segundo colocado em nível mais alto atrás do primeiro) e é possível que apresente dois, três, ou até mesmo quatro jogos de cordas completos.

As cordas são presas as cravelhas que, por sua vez, se acham fixadas no cepo, atrás dos teclados, é girando essas cravelhas que se afina o instrumento.

Cada corda se acha distendida através de dois cavaletes (um fixado no cepo e outro sobreposto a tábua de harmonia) e segura por uma aselha que pode estar fixada tanto  na extremidade do móvel, pelo lado de dentro, como na tábua de harmonia. Os cavaletes transmitem as vibrações das cordas para a tábua de harmonia, cuja ressonância ao mesmo tempo amplia e enriquece a sonoridade.

Acesse www.guitarpedia.com.br, assista a uma de nossas aulas, e conheça o nosso player exclusivo com a função loop, que otimiza o seu tempo, e elevará a sua técnica nas seis cordas para um novo patamar.

 Nós contamos com alguns dos músicos mais relevantes no cenário musical do nosso país como: Djalma Lima, Pollaco, Fábio Santini, Bruno Godinho, Vandré Nascimento, entre outros. Acesse já!!!

O Virginal

O Virginal nada mais é do que uma modalidade simplificada do cravo, sua forma mais comum é a oblonga, ou seja, possui o comprimento maior que a largura. Possui apenas um teclado situado em algum ponto de um dos seus lados mais compridos, seja mais a direita, mais a esquerda ou mais ao centro.

As cordas de arame, uma para cada nota, correm da esquerda para a direita, mais ou menos paralelas ao teclado, sem formar ângulos retos com este, diferente, portanto do cravo.

As cordas devem permanecer esticadas através de dois cavaletes que lhes transmitem as vibrações à tábua de harmonia. As cravelhas ficam a direita, e as cordas do baixo as mais longas, estão colocadas defronte as mais curtas, situadas no fundo do instrumento.

A Espineta

A Espineta é uma espécie de cravo “maior”, foi inventado no final do século XVII, e é um instrumento que possui apenas um teclado, um único jogo de cordas e uma corda para cada nota.

Aulas de História no Guitarpedia!!!

O Guitarpedia é o único site voltado para aulas de guitarra que está preocupado em lhe dar uma formação ampla e completa. Conta em sua grade de aulas, com aulas relacionadas aos mais diversos assuntos sobre teoria musical e um curso bastante informativo e organizado sobre História da Música.

Clique Aqui para saber muito mais sobre nosso curso de História da Música e Assista a uma de nossas aulas grátis sobre o assunto!

Para saber mais sobre guitarra, história da música e teoria musical, visite o site www.guitarpedia.com.br, e curta a página https://pt-br.facebook.com/guitarpedia para ficar por dentro das novidades e interagir conosco!

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube