Ajudando a Entender a Escala Maior na Guitarra

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

 Entendendo a Escala Maior na Guitarra

 

Conhecer a escala maior talvez seja o assunto mais importante para guitarristas iniciantes e até mesmo avançados, é um assunto quase que infinito de possibilidades e combinações. Essa escala é a base para compreender outras escalas, modos, arpejos e acordes na guitarra. Neste artigo, vamos ensiná-lo o conceito de formação da escala maior e apresentar os 5 formatos mais comuns no braço da guitarra. Esses formatos serão apresentados na forma de diagrama de escala para uma referência fácil no hora do estudo. Os diagramas estão no tom de referência G (sol) maior mas, você deve passar a outros tons para dominar todas as posições possíveis.

Qualquer escala é uma sequência definida de intervalos. A sequência de intervalos que forma escala maior é de 2 tons inteiros seguindo de meio tom, mais 3 tons inteiros seguido de um mais meio tom. Veja a sequencia de notas abaixo que forma a escala de G maior. Note que temos um F# pois entre E e F a distância é de meio tom no sistema temperado.

escala-maior-1

Agora como passamos essa informação para o braço da gutiarra. A partir de qualquer nota no braço da guitarra  podemos definir o intervalo de 1 tom  como o espaço entre duas casas ou trastes no braço da guitarra. A definiçao de ½ tom  é a distância entre qualquer nota e a casa ou traste seguinte.  Note que a direção no braço pode ser qualquer, o importante é o uso de 1 ou 2 casas para definir o intervalo de ½ ou 1 tom respectivamente.

No tom de G, que terá início na nota G como a primeira nota da escala. Podemos ter a seguinte sequencia de notas na braço da guitarra para formar a escala de SOL maior na sexta corda grave. Comece na nota G no 3º traste da 6ª corda . De G para um A no 5º  traste é 1 tom inteiro e de A para a B no 7º traste é outro tom inteiro. Mova de B para a C no dia 8 traste. Agora passar de C para a D, no dia 9 traste, D a um E no 12º traste, e E para F # sobre o traste 14. Termine a escala com mais um meio tom acima com uma nota G no 15 º traste. Esta é toda a escala maior G tocada apenas na 6 ª corda da guitarra. Apesar de ser muito importante saber as notas da escala maior em 1 corda apenas, para o iniciante é muito mais interessante conhecer os modelos nas 6 cordas da guitarra e por região do braço.

O primeiro formato de escala maior no tom de SOL no braço da guitarra é:

escala-maior-2

 

A escala começa na casa 3 da 6ª corda ou corda mais grave. Os numeros são os dedos que devem ser usados para pressionar as cordas: 1 – indicador, 2 – médio, 3 – anelar, 4 – minimo. O polegar da mão esquerda (no caso dos destros) é utilizado como apoio para segurar o braço da gutiarra.

Esta forma de escala é móvel, tente movê-lo para outras partes no braço da guitarra. A nota mais grave na 6ª  corda  é a note raiz da escala e portanto leva o nome da escala.  Por exemplo, se você começou esta forma escala no 8 º traste da 6 ª corda a mesma passa a ser a escala de C (dó) maior porque a nota que você começou seria um C. Se você tem um metrônomo não deixe de usá-lo quando praticar esta escala. Um dos maiores erros de todo inciante é não se preocupar com o tempo na execução das escalas e focar somente nas notas que está pressionando. Existem várias formas de executar essa escala no braço da guitarra mas recomendamos para os inciantes o uso da da palhetada alternada em toda a escala. Os outros 4 formatos de escala maior no braço da guitarra são:

escala-maior-3

Acesse nossas aulas de escalas no GuitarPedia agora mesmo em  (www.guitarpedia.com.br).

Nossos professores podem explicar todos os detalhes sobre escalas maiores e como estudá-las de forma eficiente e proveitar ao máximo seu precisoso tempo de estudo.

 

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube