Compassos Simples, Compostos e Mistos

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Em um de nossos posts anteriores falamos sobre o que é a fórmula de compasso, para saber mais sobre o assunto clique AQUI e visite o nosso post prévio. Mas deixamos para a atual oportunidade explicar quais são os tipos de compassos mais utilizados no universo musical.

São eles os compassos: Simples, Compostos e Mistos (ou Irregulares).

Conheça Aqui o Guitarpedia , assista as nossas aulas de técnica e aprenda sobre pentatônica e outras escalas, palhetada alternada,  ligados, tapping, fraseado, modos etc. Temos a plataforma online mais rápida e eficaz, para o seu aprendizado e evolução musical.

Antes de explanarmos sobre esses três tipos de compassos é importante sabermos que com exceção dos compassos mistos ou irregulares (nomes diferentes para a mesma definição) os compassos também podem ser classificados como binários, ternários e quaternários.

Compasso Binário

O compasso conhecido como binário apresenta sua célula rítmica formada por dois tempos. O pulso é forte – fraco, ou seja, o primeiro tempo do compasso é forte e o segundo é fraco. Um ritmo binário pode ser simples ou composto. Exemplos de binários simples são os compassos 2/8, 2/4, 2/2. Alguns exemplos de binário composto são 6/4 6/8.

O compasso binário é muito presente em ritmos como marchas, em algumas composições de música erudita, em ritmos populares nacionais tais como, frevo, baião, samba, bossa nova, maracatu, e muitos ritmos de origem latina.

Compasso Ternário

Compasso ternário é aquele que tem sua Métrica formada por três tempos Também o ternário pode ser simples (por exemplo 3/4, 3/2) ou composto (como 9/8, 9/16, sempre em divisão ternária).

Os principais ritmos a utilizarem o ternário simples são a valsa e a guarânia. A forma composta é usada principalmente em danças medievais, na música erudita e no jazz.

Compasso Quaternário

Compõe-se de quatro tempos, mas também pode ser formado pela aglomeração de dois binários, simples ou compostos. A aglomeração pode ser notada quando o primeiro tempo é acentuado, segundo e quarto são fracos e o terceiro tem intensidade intermediária.

São alguns exemplos de compasso quaternário simples 4/2, 4/4, 4/8, 4/16. De quaternários compostos, podemos citar 12/4, 12/8, 12/16.

Acesse www.guitarpedia.com.br, assista a uma de nossas aulas, e conheça o nosso player exclusivo com a função loop, que otimiza o seu tempo, e elevará a sua técnica nas seis cordas para um novo patamar.

 Nós contamos com alguns dos músicos mais relevantes no cenário musical do nosso país como: Djalma Lima, Pollaco, Cuca Teixeira, Fábio Santini, Bruno Godinho, Vandré Nascimento, entre outros. Acesse já!!!

Compasso Simples

Compasso simples é aquele em que cada unidade de tempo corresponde à duração determinada pelo denominador da fórmula de compasso. Por exemplo um compasso 2/4 possui dois pulsos com duração de 1/4 (uma semínima) cada. Os tipos mais comuns de compassos simples possuem 2 ou 4 no denominador (2/2, 2/4, 3/4, 3/8, 4/4 entre outros).

Compasso Composto

Compasso composto é aquele em que cada unidade de tempo é subdividida em três notas, cuja duração é definida pelo denominador da fórmula de compasso. Por exemplo, no compasso 6/8, o denominador indica que uma semibreve foi dividida em 8 partes (em colcheias) e o numerador indica quantas figuras preenchem o compasso, ou seja, o compasso é formado por 6 colcheias.

No entanto a métrica deste compasso é binária, ou seja, dois pulsos por compasso,por tal motivo cada unidade de tempo não é uma colcheia, mas sim um grupo de três colcheias (ou uma semínima pontuada). Como cada pulso é composto de três notas, esse compasso é definido como composto.

Compasso Misto ou Compasso Irregular

Uma característica auditiva não nos permite realizar compassos acima de quatro tempos sem os contar nem subdividir em outros numeradores. Por isso, os compassos acima de 4 tempos apresentam sempre uma subdivisão interna em partes menores ou iguais a 4 tempos.

Alguns compositores utilizam compassos com métricas 5/4, 5/8, 7/8, 10/8, 11/8 e várias outras, trata-se sempre de aglomerações. No 5/4, por exemplo, trata-se da justaposição de um 2/4, seguido de um 3/4 (ou vice-versa). Outro exemplo é o 7/4 que pode se formar por um 4/4 e um 3/4 e assim por diante, de tantas maneiras quanto for possível dividir em unidades binárias, ternárias e quaternárias.

Aulas de Bateria com Cuca Teixeira no Guitarpedia !!!

Cuca Teixeira
Aulas de bateria

Agora você tem toda a experiência e criatividade de Cuca Teixeira ao seu dispor com o seu curso especial de Bateria para o Guitarpedia. Clique aqui e seja um discípulo deste grande mestre das baquetas!!

Para saber mais sobre guitarra, história da música e teoria musical, visite o site www.guitarpedia.com.br, e curta a página https://pt-br.facebook.com/guitarpedia para ficar por dentro das novidades e interagir conosco!

Referência Bibliográfica: pt.wikipedia.org

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube