A Escala Hexafônica

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

No post de hoje voltaremos a falar sobre as escalas simétricas, mais precisamente sobre a Escala de Tons Inteiros, popularmente conhecida como Escala Hexafônica.

Em artigos anteriores já tratamos da formação e aplicação de outras escalas que também apresentam simetria, eram elas a Escala Diminuta e a Escala Dominante Diminuta (Dom Dim).

Você pode encontrar aulas de escalas aqui no Guitarpedia. Somos uma plataforma online e eficaz no ensino musical. Temos  mais de 700 aulas que vão lhe ajudar na sua evolução musical.

Aulas de guitarra online

A Escala de Tons Inteiros (Hexafônica)

Assim como a maioria das escalas mais “outsides” a escala Hexafônica apresenta uma sonoridade não convencional, e provavelmente não será empregada em estilos mais populares. Mas ela pode ser muito comum no improviso de jazzistas e composições eruditas.

A escala hexafônica, ou escala de tons inteiros, é uma escala formada pela sequência: tom – tom – tom – tom – tom – tom.

Não é à toa que a escala hexafônica se chama “escala de tons inteiros”, afinal todas as notas possuem um tom de distância entre si.

Note que a escala hexafônicapossui apenas seis notas, e por esse fato recebe o prefixo “Hexa” em seu nome. Vamos ver como fica a escala hexafônica de Sol, aplicando essa sequência (observe também os graus acima das notas):

Exemplo em Dó Hexafônica :  1M 2M 3M 4A  5A  6A

C,  D,   E,   F#, G#, A#

Desenhos da escala Hexafônica no braço da guitarra

hexa1

hexa2

Relação Simétrica e Tonalidade

C            D              E            F#             G#          A#

C#          D#            E#         F##           G##        A##

Devido a sua simetria a escala Hexafônica só possui duas tonalidades, as outras acabam sendo simétricas à esses dois tons acima escritos.

Como aplicar a escala de tons inteiros?

A escala Hexafônica pode ser aplicada em cima dos acordes dominantes. Para isso, basta tocar a hexafônica do próprio dominante em questão. Por exemplo: na progressão Am7 | G7 | C, podemos tocar a escala hexafônica de Sol em cima de G7.

Utilizar a Hexafônica em cima do acorde dominante pode gerar uma sonoridade bem interessante, pois tanto a escala de tons inteiros como o modo mixolídio (escala gerada a partir do acorde dominante) possuem a sétima menor, no caso da Hexafônica pela enarmonia da sexta aumentada, porém elas se distinguem nos intervalos de quarta e de quinta, que no caso da Hexafônica são aumentados (4A e 5A) e no modo mixolídio justos (4J e 5J).

Para mais informações sobre teoria musical, história de música e conhecimentos em guitarra acesse www.guitarpedia.com.br. Visite também nossa página no facebook para acompanhar as novidades!

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube