5 Conselhos de Dave Mustaine

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Desde que saiu do Metallica, Dave Mustaine prometeu que iria montar uma banda mais rápida e pesada que seu antigo grupo. Conforme os anos se passaram, o som do Megadeth foi se consolidando ao redor do mundo e os riffs de Mustaine podem ser reconhecidos nas primeiras notas. Dono de polêmicas devido a algumas declarações políticas e religiosas, Mustaine também possui uma personalidade musical única.

Atualmente, o Megadeth está planejando sua tour de divulgação de seu novo álbum, o muito bem sucedido “Dystopia”. Em sua formação atual, conta com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, o qual é reconhecido, por muitos e pelo próprio Mustaine, como um os melhores guitarristas do mundo.

Neste artigo, Dave Mustaine lista 5 dicas para guitarristas. Vamos a elas:

1 – Inspiração está em todo lugar

“Eu vou a diversos lugares para buscar inspiração. Ou procuro ouvir pessoas que me inspiram, como atletas, humoristas ou pessoas da igreja. Isso é constante para meu processo de educação musical.”

“Quando eu tenho um bloqueio criativo, eu costumo ler um livro, pois deve haver uma frase lá, ou alguma expressão que eu posso usar em alguma de minhas músicas.”

2 – Convivência musical

“Uma boa parte das ideias pode vir das pessoas com quem você toca. Se você está na banda dos seus colegas de escola e você quer fazer a banda crescer, lembre-se que que nem todos da banda pensam da mesma forma que você.”

“Você não pode ter um plano B nesse negócio e esperar que seja bem-sucedido. Pessoas que decidem ser músicos e percebem que precisam ter outro trabalho, como virar a noite atendendo no Starbucks ou algo do tipo, não necessariamente será alguém que levará isso por muito tempo”

“Eu estava conversando com David Ellefson quando começamos a banda. Esse é o tipo de trabalho que você precisa se acostumar com uma coisa: engolir sapos, sorrir e pedir mais. É um trabalho duro, mas se o sucesso viesse dentro de uma garrafa, todos seriam.”

3 – Faça certo ou não faça nada

“Quando o guitarrista faz algo mal feito por um longo período, isso só o levará a ser um péssimo músico. Então, comece devagar, use o metrônomo e estude de acordo.”

“Algumas pessoas tocam com a guitarra muito embaixo, com os dedos quase na vertical, eu acho que essa é uma das coisas que mais prejudicam sua técnica e velocidade.”

Visite: www.guitarpedia.com.br

4 – Siga o fluxo e surpreenda-se

Eu não pretendia ser o frontman do Megadeth. Eu tinha que fazer coisas no Metallica, como falar com o público porque o James Hetfield simplesmente não fazia. Então minha função era ser o guitarrista principal que apenas fazia backing vocals.”

“Quando tive que aprender a cantar, foi como uma reflexão tardia. Eu tinha vocalistas que me inspiravam, como Sean Harris do Diamond Head, Chris Cornell e um pouco de John Bush do Anthrax também.”

“Mas tocar e cantar aos mesmo tempo é como fazer círculos na sua barriga e bater na sua cabeça, simultaneamente, ou sei lá o que as pessoas fazem sobre coordenação. Acredito que a melhor recompensa para mim não é fazer coisas que outras não podem, mas ver a expressão delas enquanto a faço.”

5 – Toque com equipamento apropriado a você

“Quando for adquirir uma guitarra, veja como seus dedos se adaptam ao modelo do instrumento. Eu particularmente gosto do modelo Flying V pois consigo apoiar o corpo entre minhas pernas e solar a vontade.”

“Outra coisa a se notar são as cordas e palhetas. Eu prefiro a marca Cleartone, por se manterem afinadas por mais tempo e possuírem um som mais limpo. Também uso palhetas Tortex da Cleartone 0.73mm feitas para mim, que são as amarelas.”

“Quando estamos em tour, mantemos a rotina de trocar as cordas antes de todo show, não importa o tempo em que elas estiveram na guitarra, pois queremos ter certeza que estarão aptas a soarem o melhor possível”

 

Acesse o Guitarpedia em https://www.guitarpedia.com.br

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube